quinta-feira, 30 de junho de 2016

Uma nova empreitada


Hoje venho compartilhar nosso novo espaço, em novo endereço. Depois de vários tropeços da vida, vim me juntar a família no trabalho. Lecionei por dez anos. Gostava de levar conhecimento aos alunos Foi uma boa fase da vida profissional. Precisava me deslocar para outro Município, e após um acidente de moto, acreditei que ali era meu fim. Desisti de tudo e fiquei a espera da sorte. Me aquerenciei na empresa. Alfredo e minha filha, se dedicaram ao escritório de Advocacia e ficamos por aqui, eu e meu filho mais velho. Como minha paixão é a decoração. Tive que dar meus toques. 

Colamos tecido nesta divisória. Alfredo rebaixou o teto, conforme orientou nossa arquiteta Renata Paz, que arquitetou nosso espaço. Ele também mostrou os dotes na construção do lustre.





Alana, Mariana e nossa arquiteta Renata Paz.

Volmar fez a marcenaria.










Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Rinconcito Gaucho


O Rinconcito Gaúcho, foi o maior achado de nossa família nesta viagem. Vivemos num mundo, em que a alta moda tem um curto período de vida, enquanto que a moda gaúcha é perene. Por que não é uma moda é um estilo de viver. É também a postura mais adequada do ser que vive neste território, que vem do sul da Argentina, cruza o Uruguay e se queda nas Missões Gaúchas. Localizamos este mesmo estilo de vida, nestas regiões, cultivada de forma natural, com respeito pela sabedoria dos mais antigos, eternizada na memoria de seus primitivos utensílios da lida de campo.













Agradecemos afetuosa acolhida do Companheiro Gustavo. Sua tenda, além de ter os mais luxuosos artigos da nossa indumentária gaúcha, também atraía atenções por sua refinada decoração. Conforme ele, proeza de sua esposa.







Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz

terça-feira, 21 de junho de 2016

Rivera


Antes de começar nossa viagem vamos ouvir essa bela música que narra a vivência na fronteira. Brasil-Livramento/Uruguay-Rivera. 
Essa fronteira tem algo de mistério que nos encanta e nos chama para viver por lá um breve momento. Essa mistura pacífica de idiomas e de povos nos tira da rotina e nos faz sonhar com um tempo de paz e esperança. Passear pela ruas admirando as belas  antigas construções. Degustar um saboroso assado. Essas carnes apetitosas do Uruguay são incomparáveis. Chegar numa bodega e ser atendido com distinção por um simpático uruguaio é o que nos faz sempre voltar. Ainda sobra tempo para um delicioso doce nas encantadoras confiteria. E se sobrar algum pila, nos fartar nas compras... 





  















 


Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz



quarta-feira, 15 de junho de 2016

Inverno pede Gramado


Adoro ir a Gramado. Olhar as belas ruas com lojas cheias de novidades. E também degustar as delicias da serra. Como o café colonial e o chocolate quente com sorvete. Além da beleza, a cidade também proporciona ao visitante, segurança. Hoje em dia no Brasil ficou complicado sair as ruas durante a noite. Mas em gramado, pode-se sair tranquilamente. Apesar de estar muito modernizada, ainda é a tranquila cidade de interior, que fecha as portas as dezenove horas da noite. 












Até a próxima se Deus quiser...


 Anajá Schmitz